AVIPE - Associação Avícola de Pernambuco



Seminário Norte e Nordeste de Biosseguridade Avícola reúne toda a cadeia produtiva em Recife (PE)


As novas legislações e a influenza aviária continuam sendo assuntos de extrema importância na agenda da avicultura brasileira. Estes foram os temas centrais do “Seminário Norte e Nordeste de Biosseguridade Avícola”, evento realizado no último dia 31 de maio em Recife (PE) pela Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), em parceria com Instituto Ovos Brasil, e apoio da Associação Avícola de Pernambuco (Avipe)

O evento teve a participação de representantes de cinco Estados das regiões Norte e Nordeste: Pernambuco, Ceará, Paraíba, Pará e Maranhão.

Palestras e debates

A importante atuação da Agência de Defesa e Fiscalização Agropecuária de Pernambuco (Adagro), órgão integrante da estrutura organizacional da Secretaria de Agricultura e Reforma Agrária, foi apresentada ao público presente pela Dra. Erivânia Almeida. A diretora presidente da entidade elucidou toda a carga de responsabilidade e o papel fundamental dos responsáveis técnicos (RTs) quanto à ética em sua atuação para o funcionamento adequado dos sistemas agropecuários.

A Adagro tem por missão integrar ações do Governo Federal, Estadual e Municipal que contribuam para promover e executar a Defesa Sanitária Animal e Vegetal, o controle e a inspeção de produtos de origem agropecuária em todo o Estado de Pernambuco.

O Dr. Bruno Pessamilio, do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), falou sobre os principais problemas que podem decorrer da falta de biosseguridade, os prazos de atendimento das novas Instruções Normativas (INs) e tirou diversas dúvidas do público presente.

Foram muitos questionamentos, desde as dúvidas que ainda pairavam sobre os prazos para atendimento da IN, até possibilidades de rotulagem, funcionamento dos laboratórios e exames, responsabilidades dos RTs, dificuldades na comunicação, entre outras. “Foi uma discussão muito rica e nós do Instituto Ovos Brasil acreditamos que este tipo de debate é imprescindível para o futuro da produção de ovos no país”, aponta Edival Veras, conselheiro do IOB.

Outro tema em pauta foram os desafios e consequências da propagação da Influenza Aviária no mundo, assunto este tratado pelo Dr. Paulo César Martins da Biocamp. Dr Paulo apresentou um panorama de como isto vem sendo tratado no Brasil e dos passos que ainda o país precisa dar para a prevenção, além dos investimentos necessários.

O encontro, que reforçou a relação dos produtores e os atualizou sobre as medidas necessárias à manutenção do status de país livre de influenza, também apresentou discussões sobre os desafios da produção avícola no Norte e Nordeste.

O Dr. Edival Veras, presidente da AVIPE e Conselheiro do IOB, falou sobre todos os fatores que permeiam a produção, tratando das muitas dificuldades e das oportunidades. E salientou “A Avicultura do Norte e Nordeste Brasileiro é viável. O produtor tem grande responsabilidade na produção de alimentos seguros com qualidade, atendendo a demanda interna com perspectivas de atender ao mercado externo. Equilíbrio entre oferta e consumo, seguindo a legislação vigente e os órgãos competentes, acima de tudo gerando emprego, renda e dignidade a população local”.

“Para nós do IOB, é importante apoiar eventos como estes, indispensáveis para o segmento, pois além de promoverem informações de qualidade dos ovos e reforçarem o consumo no Brasil, foi um encontro que levou público de diversos estados, importantes nomes da pesquisa científica, de fiscalização e produtores. Toda a cadeia esteve reunida, com mais de 120 participantes”, aponta Tabatha, gerente do IOB.







Acompanhe o trabalho do Instituto Ovos Brasil para ficar por dentro dos principais eventos do setor. Visite nosso site: www.ovosbrasil.com.br.

 

Untitled Document
Cotações - Canal Rural
Avicultura Industrial
Nutrivil
Guia Gessulli

AVIPE - Associação Avícola de Pernambuco