AVIPE - Associação Avícola de Pernambuco


Bahia treina médicos veterinários no atendimento a emergência sanitária para doenças em aves.


A Agência Estadual de Defesa Agropecuária da Bahia – ADAB, através da Diretoria de Defesa Sanitária Animal – DDSA promoveu, entre os dias 12 e 14 de julho, em Feira de Santana/BA, o Treinamento do Grupo Especial de Atendimento Sanitário Emergencial (Gease/Aves). Foram atualizados 47 profissionais no atendimento a emergência sanitária quando da confirmação de um foco de doença respiratória ou nervosa em aves, tendo como principais enfermidades a Influenza Aviária (IA) e a Doença de Newcastle, respectivamente.

A Bahia é reconhecida pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) como livre de Influenza Aviaria e Doença de Newcastle nos estabelecimentos comerciais. O diretor de Defesa Sanitária Animal, Rui Leal, informa que, este treinamento faz parte da estratégia de capacitação continuada do quadro de Fiscais Estaduais Agropecuários e Médicos Veterinários desta Agência.

Diante da importância do agronegócio avícola para o Estado e da necessidade permanente de monitorar e prevenir a ocorrência de doenças exóticas e emergenciais nos plantéis avícolas no Estado da Bahia, bem como a manutenção do atual status sanitário, “a ADAB não tem medido esforços para manter seu quadro técnico atualizado, investindo em treinamentos e capacitação visando manter, assim, a saúde do plantel avícola do Estado”, incentivou o diretor-geral da ADAB, Marco Vargas.

O coordenador do Programa de Sanidade Avícola Itamar Garrido, informou que, além da equipe de servidores da ADAB, médicos veterinários e responsáveis técnicos do setor privado também participaram, representando as empresas avícolas GUJÃO ALIMENTOS, JBS/SEARA, bem como da Associação Baiana de Avicultura (ABA) e do Comitê de Sanidade Avícola do Estado da Bahia (Coesa). “E fundamental envolver os médicos veterinários particulares nos treinamentos deste tipo, pois quando da ocorrência de um evento emergencial teremos profissionais treinados e aptos a enfrentar este tipo de evento, além do serviço oficial”, disse.

O treinamento contou com o apoio do Fundo de Amparo do Desenvolvimento e Defesa Sanitária Avícola da Bahia (Faeba), Associação Baiana de Avicultura (ABA), das empresas avícolas GUJÃO ALIMENTOS e JBS/SEARA, do MAPA e Universidade Federal da Bahia (UFBA).

As Doenças em Aves
A Influenza Aviária é uma doença de galinhas e outras aves, causada por diferentes tipos de vírus, pertencentes à família Orthomyxoviridae, do gênero Influenzavirus. O vírus eventualmente pode ser transmitido a outros animais e aos humanos por contato direto com aves infectadas. A influenza aviária é uma doença sistêmica que pode ser altamente letal para aves domésticas. Devido a contínuas mudanças genéticas do agente e sua capacidade de adaptação a novos animais e ao ser humano, a influenza aviária representa um risco desconhecido e sem predição à saúde pública.

A doença de Newcastle é uma enfermidade viral, aguda, altamente contagiosa, que acomete aves silvestres e comerciais, com sinais respiratórios, frequentemente seguidos por manifestações nervosas, diarreia e edema da cabeça. A manifestação clínica e a mortalidade variam segundo a patogenicidade da amostra do vírus. A doença de Newcastle é considerada uma doença de distribuição mundial, com áreas onde é endêmica, ou com áreas/países considerados livres da doença.

Fonte: ADAB/ Boletim AviculturaIndustrial de 22/07/2016

 

Untitled Document
Cotações - Canal Rural
Avicultura Industrial
Nutrivil
Guia Gessulli

AVIPE - Associação Avícola de Pernambuco