AVIPE - Associação Avícola de Pernambuco



Crescem os desembolsos de crédito rural


Os desembolsos totais de crédito rural parecem ter finalmente engatado uma marcha de recuperação mais consolidada nesta safra 2016/17 , que teve início em julho. Em novembro, cresceram 9,4% em relação ao mesmo mês do ano passado e alcançaram R$ 15,1 bilhões, conforme dados do Banco Central.

O salto embutiu um importante impulso nos financiamentos tomados com juros livres, que aumentaram 42% na comparação, para R$ 2 bilhões. Essa tem sido uma opção mais recorrente de médios e grandes produtores e, apesar de mais cara, envolve recursos próprios captados pelos bancos e não incluem subsídios públicos. Quem mais opera com taxas livres são os bancos privados, que também seguiram ampliando suas carteiras de crédito rural em novembro.

Concederam R$ 4,7 bilhões no mês, 46,8% mais que em novembro de 2015. E os financiamentos a juros livres foram puxados pelas Letras de Crédito do Agronegócio (LCAs), que irrigaram o setor com R$ 1,3 bilhão, mais que o dobro que em novembro de 2015. As LCAs são títulos financeiros isentos de imposto de renda, cujas captações são destinadas a operações de crédito rural geralmente a taxas livres.

Na atual temporada (2016/17 ), o governo resolveu estimulá¬las ainda mais, criando uma modalidade de crédito com base nessas letras que conta com taxas controladas de 12,7 5% ao ano. Somente para essa "novidade" já houve demanda de R$ 901,2 milhões em novembro. (Veja mais em http://bit.ly/2h2bC7b)


Fonte: Valor Econômico


 

Untitled Document
Cotações - Canal Rural
Avicultura Industrial
Nutrivil
Guia Gessulli

AVIPE - Associação Avícola de Pernambuco